Obrigada pela vista, não esqueçam de deixar um recadinho!

segunda-feira, 18 de junho de 2012

Atividades sobre sinais de pontuação


Os sinais de pontuação são recursos variados e representam as pausas e entonações da fala. A pontuação dá à escrita maior clareza e simplicidade.

A seguir veremos os principais empregos de alguns sinais de pontuação.

PONTO FINAL

É utilizado na finalização de frases declarativas ou imperativas.

Exemplo:

Lembrei-me de um caso antigo.

Vamos animar a festa.

O ponto final também é utilizado em abreviaturas.

Exemplo:

Sr. (senhor), Sra. (senhora), Srta. (senhorita), pág. (página).

PONTO DE INTERROGAÇÃO (?)

É utilizado no fim de uma palavra, oração ou frase, indicando uma pergunta direta.

Exemplo:

Quem é você?

Por que ninguém ligou?

Não deve ser usado nas perguntas indiretas.

Exemplo:

Perguntei a você quem estava no quarto.

PONTO DE EXCLAMAÇÃO (!)

É usado no final de frases exclamativas, depois de interjeições ou locuções.

Exemplo:

Ah! Deixa isso aqui.

Nossa! Isso é demais!

VÍRGULA

A vírgula é usada nos seguintes casos:

- para separar o nome de localidades das datas.

Recife, 28 de junho de 2005.
- para separar vocativo.

Exemplo:

Meu filho, venha tomar seus remédios.

- para separar aposto.

Exemplo:

Brasil, país do futebol, é um grande centro de formação de jogadores.

- para separar expressões explicativas ou retificativas, tais como: isto é, aliás, além, por exemplo, além disso, então.

Exemplo:

O nosso sistema precisa de proteção, isto é, de um bom antivírus.
Além disso, precisamos de um bom firewall.

- para separar orações coordenadas assindéticas.

Exemplo:

Ela ganhou um carro, mas não sabe dirigir.

- para separar orações coordenadas sindéticas, desde que não sejam iniciadas por e, ou e nem.

Exemplo:

Cobram muitos impostos, poucas obras são feitas.

- para separar orações adjetivas explicativas.

Exemplo:

A Amazônia, pulmão mundial, está sendo devastada.

- para separar o adjunto adverbial.

Exemplo:

Com a pá, retirou a sujeira.

PONTO E VÍRGULA

O ponto e vírgula indica uma pausa mais longa que a vírgula, porém mais breve que o ponto final.

Emprega-se o ponto e vírgula nos seguintes casos:

- para itens de uma enumeração.

Exemplo:

As vozes do verbo são:
a.     voz ativa;
b.    voz passiva;
c.     voz reflexiva.
- para aumentar a pausa antes das conjunções adversativas – mas, porém, contudo, todavia – e substituir a vírgula.

Exemplo:

Deveria entregar o documento hoje; porém só o entregarei amanhã à noite.

DOIS PONTOS

Os dois pontos são empregados nos seguintes casos:

- para iniciar uma enumeração.

Exemplo:

O computador tem a seguinte configuração:
- memória RAM 256 MB;
- HD 40 GB;
- fax-modem;
- placa de rede;
- som.

- antes de uma citação.

Exemplo:

Já diz o ditado: tal pai, tal filho.

Como já diz a música: o poeta não morreu.

- para iniciar a fala de uma pessoa, personagem.

Exemplo:

O repórter disse: - Nossa reportagem volta à cena do crime.

- para indicar esclarecimento, um resultado ou resumo do que já foi dito.

Exemplo:

O Ministério de Saúde adverte: fumar é prejudicial à saúde.

Nota de esclarecimento:
Nossa empresa não envia e-mail a seus clientes. Quaisquer informações devem ser tratadas em nosso escritório.

RETICÊNCIAS

Indicam uma interrupção ou suspensão na seqüência normal da frase. São usadas nos seguintes casos:

- para indicar suspensão ou interrupção do pensamento.

Exemplo:

Estava digitando quando...

Guiava tranquilamente quando passei pela cidade e...

- para indicar hesitações comuns na língua falada.

Exemplo:

Não vou ficar aqui por que... por que... não quero problemas.

- para indicar movimento ou continuação de um fato.

Exemplo:

E a bola foi entrando...

- para indicar dúvida ou surpresa na fala da pessoa.

Exemplo:

Rodrigo! Você... passou no vestibular!

Antônio... você vai viajar?

ASPAS

São usados nos seguintes casos:

- na representação de nomes de livros e legendas.

Exemplo:

Já li “O Ateneu” de Raul Pompéia.

“Os Lusíadas” de Camões tem grande importância literária.

- nas citações ou transcrições.

Exemplo:

“Tudo começou com um telefonema da empresa, convidando-me para trabalhar lá na sede. Já havia mandado um currículo antes, mas eles nunca entraram em contato comigo. Quando as seleções recomeçaram mandei um currículo novamente”, revelou Cleber.

- destacar palavras que representem estrangeirismo, vulgarismo, ironia.

Exemplo

Que “belo” exemplo você deu.

Vamos assistir a “show” de mágica.

PARÊNTESES

São usados nos seguintes casos:

- na separação de qualquer indicação de ordem explicativa.

Exemplo:

Predicado verbo-nominal é aquele que tem dois núcleos: o verbo (núcleo verbal) e o predicativo (núcleo nominal).

- na separação de um comentário ou reflexão.

Exemplo:

Os escândalos estão se proliferando (a imagem política do Brasil está manchada) por todo o país.

- para separar indicações bibliográficas.

Pra que partiu?

Estou sentado sobre a minha mala
No velho bergantim desmantelado...
Quanto tempo, meu Deus, malbaratado
Em tanta inútil, misteriosa escala!
(Mario Quintana, A Rua dos Cata-Ventos, Porto Alegre, 1972).

CONCLUSÃO

Vimos nesse tutorial que os sinais de pontuação representam as pausas e entoações de nossa fala. Eles dão à escrita maior clareza e simplicidade.

O ponto final é utilizado na finalização de frases declarativas ou imperativas. Também é usado em abreviaturas. O ponto de interrogação é utilizado no final de palavras, orações ou frases para indicar uma pergunta direta. Não deve ser empregado em perguntas indiretas.

O ponto de exclamação é usado no final de frases exclamativas e depois de interjeições ou locuções. A vírgula tem vários casos de emprego, entre eles estão: separação de nomes de localidades, vocativos, aposto, expressões explicativas, orações coordenadas sindéticas, etc.

O ponto e vírgula servem para enumerar itens, aumentar a pausa antes de conjunções adversativas. Dois pontos são usados para iniciar uma enumeração, antes de citações, no início da fala de uma pessoa, personagem e para indicar esclarecimento, resultado ou resumo do que já foi dito.

Espero, mais uma vez, ter alcançado o meu objetivo que foi passar algum conhecimento sobre os sinais de pontuação e como eles devem ser empregados.












Fonte deste lindo Blog http://mundomagicoprofjuliana.blogspot.com.br/2012/04/pontuacao.html e outras do picasa.


Um comentário:

Obrigada por comentar! O Blog Ensinar Exige Alegria, agradece e fica feliz com o seu comentário. Volte outras vezes!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...